O LABORATÓRIO DE CORPOREIDADE FEMININA

O Laboratório é um espaço e um tempo no qual a experiência com o feminino acontece. É formado por Jornadas - encontros sequenciais e intensos, de curta duração, individuais e em grupo, onde é aplicada a abordagem da Core Energetics com foco nas vivências e experiências com o feminino. Os encontros são vivenciais e com uma pequena base teórica sobre a metodologia.

Se você está lendo este texto, provavelmente, já vivenciou experiências na primeira jornada. Já conhece um tanto do caminho, e tem ouvido sua pélvis. A Jornada II nos provocará à experiências corporificadas com a nossa ancestralidade feminina.

Manteremos as 24horas presenciais no Laboratório.

JORNADA  II

1/1

A Jornada II segue a sequencia e o aprofundamento da nossa experimentação corpórea com o Feminino. Um novo grupo de mulheres se forma - todas elas já passaram pela jornada introdutória. São 4 encontros vivenciais - 24 horas no total. Os encontros são compostos de práticas corporais advindas da Core Energetics, e de exercícios de reflexão pessoal sobre a experiência vivida - momentos de meditação e escrita.

Seu diário continuará e irá se expandir!

Nesse segundo laboratório focamos na nossa relação com a hereditariedade feminina. A relação com a mãe, avó, bisavó... as mulheres que vieram antes de você, as mulheres que enraizaram sua cultura, seu local, seu tempo... elas estarão conosco. Entraremos em contato com os tesouros guardados dentro nós, que quando não experienciados, nos dão a sensação de sermos menos, porque não somos inteiras! Uma parte de nós ficou sequestrada, congelada, escondida, desabitada, e é preciso habitar tudo que você é!

Entrar em contato com nossa ancestralidade é perceber sentimentos, estórias e tensões que são carregadas cronicamente. São estórias não contadas, perdas não choradas, lutos não vividos, experiências não reveladas, emoções congeladas e evitadas: medo, raiva, culpa, vergonha, fardo, mágoa... 

Temas dos encontros:

Restabelecer o contato com o corpo, com a pélvis. Dinâmicas de apresentação - onde estou na jornada pessoal? Diferença entre o trabalho individual durante os intervalo e o trabalho em grupo;

Reconhecendo a ancestralidade feminina. A mãe – como é minha imagem de mãe? Como está minha relação com ela?

 

Recolhendo histórias registradas no útero e ovário - Hereditariedade do feminino. História pessoal com as feminilidades.

 

Reconhecer o feminino em você- Como você perpetua o padrão de honra e desonra da linhagem feminina, do feminino?

DATAS:

Data: A DEFINIR

Serão 4 sábados das 9hs30 às 17hs

VALORES:

INSCRIÇÕES E MAIORES INFORMAÇÕES:

E-mail: q.thais@gmail.com

Tel.: +55 61 98143-8169 (whatsapp)